01/01/2015

Personagens: Cavaleiros de Ouro

Os mais poderosos Cavaleiros do exército de Atena e integrantes de sua guarda pessoal. Eles utilizam as 12 Armaduras de Ouro que correspondem às constelações e signos zodiacais. Os Cavaleiros de Ouro são mestres do sétimo sentido, a essência do Cosmo. Tal maestria os garante habilidades miraculosas, como superar em muitas vezes a velocidade da luz. Eles também são os 12 guardiões das 12 casas do zodíaco.
No final da batalha do santuário, os 5 cavaleiros de ouro ficam a favor dos 5 cavaleiros de bronze contra o Saga de Gêmeos. Na batalha contra o Asgard, os 5 Cavaleiros de Ouro consertaram as 5 armaduras de bronze, que ficaram novinhas em folha. Na batalha contra o Poseidon, as armaduras de bronze ficam douradas por conta das forças dos Cavaleiros de Ouro. Os Cavaleiros de Ouro não podiam sair do Santuário, pois havia sido ordenado pelo mestre ancião (novo grande mestre), a não deixar o santuário desprotegido, pressentindo a ameaça de invasão de Hades. Mas naquele momento, as armaduras douradas de Sagitário, Aquário e Libra salvaram a vida de Seiya, Hyoga e Shiryu.


MU DE ÁRIES
牡羊座のムウ

Cavaleiro de Áries do século XX. Discípulo e sucessor de Shion de Áries e mentor de Kiki. Jovem tranquilo cujo semblante sereno oculta enorme poder, o tibetano Mu também é um homem de muitos talentos, ao ponto de ser considerado o Cavaleiro de Ouro com maior perícia em psicocinese, além de hábil na arte de restaurar Armaduras. Mu deixou o Santuário logo após o assassinato de Shion, pois não acreditava na legitimidade do Grande Mestre. Ele passa a viver na distante região de Jamir. Importante aliado dos Cavaleiros de Bronze, ele restaura as Armaduras dos jovens em diversos momentos da obra. Mu salvou a vida dos Cavaleiros de Bronze durante as batalhas contra os Cavaleiros Negros e ajudou Seiya no duelo contra Misty de Lagarto. Durante o conflito das 12 casas, ele se afilia a Dohko de Libra e aos Cavaleiros de Bronze, revelando aos jovens o segredo do sétimo sentido e se opondo à tirania do Grande Mestre. Durante a guerra contra Poseidon, ele impede que os outros Cavaleiros de Ouro partam para a batalha, pois o retorno de Hades estava próximo. Durante a guerra contra Hades, Mu demonstra grande poder e habilidade de combate e derrota diversos Espectros, mas acaba derrotado por Rhadamanthys de Wyvern, que o aprisiona. Posteriormente, ele é revitalizado pelo Cosmo de Atena e se sacrifica com os outros Cavaleiros de Ouro para romper o Muro das Lamentações. Tem o título de O Homem que Conhece a Essência das Armaduras e sua casa é conhecida como O Templo do Carneiro



ALDEBARAN DE TOURO
牡牛座のアルデバラン

Um Cavaleiro de bom coração, com imensa força física e velocidade inigualável graças às suas técnicas similares ao princípio de combate iai. O brasileiro Aldebaran foi um Cavaleiro de Ouro verdadeiramente dedicado ao papel de proteger a paz e a justiça na Terra. Durante o conflito dos doze templos, inicialmente se opõe aos Cavaleiros de Bronze, pois foi enganado pelo Grande Mestre, que os declarou como traidores. Aldebaran enfrentou Seiya de Pégaso, cuja determinação em batalha fez suas suspeitas contra o Grande Mestre crescerem ainda mais. Seiya prometeu arrancar um dos chifres do elmo de Aldebaran para provar que sua causa era justa. Aldebaran aceita, mas não acredita que o rapaz conseguiria cumprir tal feito. Para sua surpresa, Seiya cumpre a promessa, e Aldebaran o permite prosseguir. No ápice da batalha entre Seiya e Saga de Gêmeos, Aldebaran percebe que suas suspeitas contra o Santuário estavam corretas e jura lealdade a Atena ao encontrá-la. Na saga de Poseidon, Aldebaran protege os Cavaleiros de Bronze moribundos contra um ataque de Sorrento de Sirene e acaba derrotado. Na saga de Hades, Aldebaran é morto por Niobe de Deep, mas consegue eliminar o Espectro antes de morrer. Após ser revitalizado pelo Cosmo de Atena, se sacrifica com os outros Cavaleiros de Ouro para romper o Muro das Lamentações. Tem o título de O Furioso Touro Dourado e sua casa é conhecida como O Templo do Touro Dourado.


SAGA DE GÊMEOS
双子座のサガ

O principal Cavaleiro de Gêmeos e um dos Cavaleiros mais poderosos do século XX e irmão de Kanon, considerado como o antagonista principal do Arco do Santuário. No passado, o grego Saga era a personificação do Cavaleiro ideal, amado por todos e de alma pura. Apesar de sua devoção à Atena, Saga começou a demonstrar traços de dupla personalidade, graças a um plano de seu irmão Kanon para desviá-lo do caminho da justiça. Influenciado pelo lado maléfico de sua personalidade, Saga decide tomar conta do Santuário e assassinar Atena para dominar o mundo com mão de ferro. Para isso, ele assassina o Grande Mestre e assume sua identidade, mas não consegue matar Atena, salva ainda bebê pela intervenção de Aiolos de Sagitário. Saga continuou sob a alcunha de Grande Mestre até quando a rebelião dos Cavaleiros de Bronze expôs seus planos. Os jovens conseguem derrotar o cosmo maligno que dominava a sua mente, e após se ver livre de seu lado maléfico, Saga comete suicídio para pagar pelas atrocidades que cometeu. Meses depois, é ressuscitado junto com Camus de Aquário e Shura de Capricórnio por Hades e jura lealdade a ele, mas se mantém fiel a Atena. Fingindo querer a morte da deusa, Saga revela a ela a estratégia de vitória contra Hades e assiste desesperado o suicidio de Atena. Pouco tempo depois, Saga volta ao mundo dos mortos, pois a vida que Hades lhe deu era apenas temporária. Na conclusão da batalha contra o submundo, Atena o traz de volta à vida mais uma vez e ele se junta aos outros Cavaleiros de Ouro, num sacrifício final para destruir o Muro das Lamentações. Tem o título de A Encarnação de um Deus e sua casa é conhecida como O Templo dos Gêmeos.


KANON DE GÊMEOS
双子座のカノン

Nascido na Grécia, Kanon é irmão gêmeo do Cavaleiro de Ouro Saga de Gêmeos, que tinha o propósito de substituir Saga como Cavaleiro de Gêmeos, caso algo ocorresse com o mesmo. Kanon sempre teve uma atitude oposta a de seu irmão; enquanto Saga era bondoso, Kanon era maléfico e planejava destruir o Santuário e, por este motivo ele foi aprisionado na prisão do Cabo Sounion, um lugar onde ninguém conseguiria sair sem a ajuda de um Deus. Várias vezes ele esteve perto da morte, porém, sempre foi salvo pelo Cosmo da deusa Atena. Nesta prisão, Kanon acaba encontrando uma caverna com o Tridente de Poseidon, que, ao retirá-lo da rocha, acaba caindo diretamente no templo submarino do deus no fundo do Mar Egeu. Despertando Poseidon, Kanon finge ser seu General Marina de Dragão Marinho e consegue enganar o deus, a fim de realizar o seu desejo maligno de tornar-se um deus e dominar a Terra. Como protetor do pilar do Oceano Atlântico Norte, Kanon lutou conta Ikki de Fênix, mas Sorento de Sirene, depois de descobrir das reais intenções de Kanon, aparece e o detém para Ikki destruir o pilar. Por todas as suas ações malignas, Kanon é desacreditado pelos outros Cavaleiros de Ouro quando afirma estar arrependido. Porém, depois de passar pela provação de Milo de Escorpião sem reagir e proteger o Santuário contra a invasão dos Espectros de Hades, Kanon é perdoado por seus pecados e começa a vestir a Armadura de Ouro de Gêmeos. Kanon e Dohko de Libra partem para o Mundo dos Mortos, e lá enfrenta diversos Espectros, incluindo o Juiz do Inferno Rhadamanthys de Wyvern, contra quem Kanon se sacrifica para poder derrotar, pondo fim à sua penitência e sendo uma peça importantíssima na vitória de Atena contra Hades. Kanon também é conhecido como O Imortal.



MÁSCARA DA MORTE DE CÂNCER
蟹座のデスマスク

Também conhecido como Máscara da Morte, Cavaleiro de Ouro Câncer no Sec. XX, o italiano Deathmask é um sádico e sanguinário assassino que acredita que, para um objetivo maior, alguns sacrifícios são inevitáveis. Seu codinome é justamente para caracterizar sua personalidade horrível e de um senso de humor extremamente ácido. Com o seu golpe Ondas do Inferno, é capaz de mandar seus adversários para a fronteira entre o Mundo dos Mortos e dos Vivos. É derrotado por Shiryu de Dragão na Batalha das Doze Casas. Quando o Dragão estava prestes a ser jogado no Sekishiki, a armadura de Câncer abandona o corpo de Deathmask, ao passo que Shiryu queimava seu cosmo ao máximo, sendo o próprio Deathmask jogado no Sekishiki. Na Guerra Santa, volta como espectro de Hades, arrependido de seus atos em vida e disposto a avisar Atena sobre os planos de Hades. Mas é derrotado junto de Aphrodite de Peixes (também como espectro) por Mu na Casa de Áries, quando este se entrega à fúria. Também se sacrifica para derrubar o Muro das Lamentações, morrendo como um verdadeiro Cavaleiro. Tem o título de O Homem que Aprecia as Lutas e Massacres e sua casa é conhecida como O Templo do Caranguejo Gigante



AIOLIA DE LEÃO
獅子座のアイオリア

Cavaleiro de Leão no sec. XX, é irmão mais novo de Aiolos de Sagitário. Humilde, cortês e muito sábio, o grego Aioria é exemplo para todos os outros Cavaleiros. Aiolia é capaz de disparar até 100.000.000 de golpes por segundo. Foi o Segundo Cavaleiro de Ouro a aparecer, mas sem revelar sua posição. Sempre sofreu com a falsa história sobre seu irmão ser um traidor de Atena, sendo constrangido por muitas pessoas do Santuário. Quando o Mestre Ares (Saga de Gêmeos) chama Milo de Escorpião para aniquilar Saori e os Cavaleiros de Bronze, Aioria intervém e pede para que a missão lhe seja incumbida, ameaçando até entrar em confronto contra o Escorpião, tudo isso para "limpar" o nome de seu irmão. Mas Aiolia descobre a verdade sobre Ares e vai tirar satisfação com Ares, entrando em confronto contra Shaka de Virgem. Na Batalha das Doze Casas, sob o controle de Ares, quase mata Seiya de Pégaso com o seu enorme poder, mas acaba recobrando a consciência depois de matar Cassios. Shaina vê Aioria carregando Cassios em seus braços e fica sabendo o que aconteceu. Shaina relutante ao perder seu pupilo, decide ir ao Santuário acertar contas com o Mestre Ares, mas Aioria a detém e enterra Cassios. Na Guerra Santa, Aioria vence vários espectros que invadem a Casa de Leão, quando é paralisado por Raimi de Verme, mas acaba vencendo. Na saga Inferno, Aiolia de Leão, Mu de Áries e Milo de Escorpião são castigados, e posteriormente mortos por um dos 3 juízes do inferno, Rhadamanthys de Wyvern, porque os Cavaleiros de Ouro só podiam usar no máximo 10% de seus poderes por causa da proteção e maldição de Hades. Volta à vida e se sacrifica no Muro das Lamentações junto aos outros onze Cavaleiros de Ouro. Tem o título de Um Modelo de Cavaleiro e sua casa é conhecida como O Templo do Leão.


SHAKA DE VIRGEM
乙女座のシャカ

Cavaleiro de Virgem do sec. XX, um dos cavaleiros mais poderosos do século XX. É conhecido como O Homem mais Próximo de Deus (Buda), título recebido em função do indiano Shaka ser considerado a reencarnação de Buda, ou de estar sempre próximo ao mesmo e também de ser o cavaleiro que possui o cosmo mais próximo dos deuses, é o primeiro da era atual a atingir o Oitavo Sentido. Shaka nasceu e treinou na Índia, e mantinha contato telepático com Buda, que lhe revelava as respostas a muitas de suas perguntas. Ao longo dos anos, Shaka aprendeu muito com seu antepassado, incluindo a habilidade de selar o cosmo, aumentando seu cosmo nos olhos com seus mantras de meditação sagrados. Pouco antes da Batalha das Doze Casas, Shaka de Virgem e Aiolia de Leão se desentendem após Aiolia descobrir a verdade sobre o falso Mestre, o que quase gerou um confronto de mil dias entre os dois. Após isso, derrotou facilmente Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão e Shun de Andrômeda na casa de Virgem. Logo em seguida surge Ikki de Fênix para confrontá-lo, mas o mesmo não resiste ao imenso poder de Shaka. Após uma intensa batalha o Cavaleiro de Bronze se utiliza de um golpe suicida como último recurso para vencer Shaka, Ikki havia perdido todos os seus sentidos depois que o Cavaleiro de Virgem abriu seus olhos durante a luta, mas o golpe de Ikki apenas os mandou para uma outra dimensão, ambos continuaram vivos e Ikki contou a Shaka a verdade sobre o Mestre. Na Guerra Santa, confronta por duas vezes os cavaleiros revividos por Hades, Saga de Gêmeos, Shura de Capricórnio e Camus de Aquário. Aparentemente ele os vence na Casa de Câncer, mas eles chegam disfarçados até Casa de Virgem, onde Shaka é morto propositalmente a fim de ir atrás de Hades no inferno acompanhando Atena. Também se sacrifica junto aos outros 11 Cavaleiros de Ouro no Muro das Lamentações. Tem o título de O Homem mais Próximo de Deus e sua casa é conhecida como O Templo da Donzela.


DOHKO DE LIBRA
天秤座の童虎

Conhecido também como Mestre Ancião (老師, Rōshi?), o libriano é o mais velho de todos os Cavaleiros de Atena. Possui personalidade extremamente equilibrada, além de ser muito calmo, sábio, esclarecido e correto, sendo o mais resistente, poderoso e respeitado entre todos os Cavaleiros conforme o mangá e anime. O chinês Dokho aparece em quase todos os Mangás e Animes da série, devido aos seus 261 anos de idade. Foi o mestre de Shiryu de Dragão. Ele e Shion de Áries foram os únicos sobreviventes da Guerra Santa em 1743, sendo que este se tornou o Grande Mestre do Santuário, e Dokho ficou encarregado de vigiar o selo que aprisionava Hades, sendo que nunca saía dos 5 picos antigos da China. Posteriormente, com a queda de Saga de Gêmeos como Grande Mestre, foi intitulado neste posto, sem sair dos 5 picos, e sua primeira determinação foi que nenhum dos Cavaleiros de Ouro sairíam do Santuário, porque ele já previa a Guerra Santa. Na saga Santuário, na batalha contra os espectros de Hades, usou sua técnica Misopethamenos, possibilitado pelo envelhecimento retardado concedido por Atena, que permitiu que o coração dele batesse apenas 100.000 vezes por ano (100.000 é o número médio de batimentos diários do coração), assim, em 243 anos, Dohko envelheceu o equivalente a apenas 243 dias. A técnica o faz sair de sua forma de velho Gnomo para uma aparência e vigor de quando tinha 18 anos de idade, sendo que finalmente veste a armadura de Libra no anime, depois de muitos episódios e espera, e aplica em Shion o poderoso Golpe Cólera dos Cem Dragões. Na saga de Hades, se sacrifica junto com os outros 11 Cavaleiros de Ouro para derrubar o Muro das Lamentações utilizando a técnica da criação do sol que pode destruir qualquer coisa. Tem o título de A Balança Entre o Bem e o Mal e sua casa é conhecida como O Templo da Balança


MILO DE ESCORPIÃO
蠍座のミロ

Cavaleiro de escorpião do Sec. XX, o grego Milo possui um dos Golpes mais fatais de todos: o Agulha Escarlate. De personalidade por vezes altiva, porém protetor, nobre e justo, Milo destrói a Ilha de andrômeda, por ordem do Grande Mestre. Trava uma árdua batalha contra o Cavaleiro de Prata Albiore de Cefeu, mestre de Shun de Andrômeda, e só vence por causa da essencial ajuda de Aphrodite de Peixes. Na Batalha das Doze Casas, confronta contra Hyoga de Cisne. Milo castiga Hyoga com suas agulhas escarlates, mas por respeito à seu amigo Camus de Aquário, que é Mestre do Cisne, e por uma ponta de bondade, dá a chance de Hyoga desistir da luta e abandonar o Santuário, ja que este estava a um golpe de morrer (se forem aplicadas 15 agulhas escarlates, o oponente morre). Mas a persistência de Hyoga em continuar e ajudar seus amigos faz Milo desconfiar do Mestre e após levar o Pó de Diamante, percebeu que o Cisne poderia tê-lo vencido na batalha, senão fosse pela Armadura de Ouro de Escorpião. Milo cura Hyoga de sua hemorragia e para de lutar, deixando-o prosseguir. Situação idêntica ocorre em sua batalha contra Kanon de Gêmeos, e ao final, reconhece que este estava ao lado da justiça. Por Milo ter um senso de justiça muito aguçado, ao cavaleiro de escorpião é normalmente dado o fardo de julgar aqueles que se dizem arrependidos por seus pecados, como aconteceu com Kanon de Gêmeos. Após a morte de Shaka, o Cavaleiro de Escorpião vai até a Casa de Virgem para derrotar os espectros de Saga de Gêmeos, Shura de Capricórnio e Camus de Aquário, por julga-los inimigos do Santuário após terem atacado um ex-companheiro. Foi morto por Rhadamanthys de Wyvern na saga Inferno e também sucumbiu ao sacrifício dos Cavaleiros de Ouro para derrubar o Muro das Lamentações. Tem o título de O Impacto Rubro e sua casa é conhecida como O Templo do Escorpião Celestial


AIOLOS DE SAGITÁRIO
射手座のアイオロス

Cavaleiro de Ouro de Sagitário no Sec. XX, o grego Aioros foi o salvador de Atena das mãos de Saga de Gêmeos, quando aquela ainda era bebê. Mas por armação de Saga, foi declarado traidor do Santuário e julgado como o que tentou matar Atena. O sagitariano foge com o bebê e é perseguido, sendo gravemente ferido pela excalibur de Shura de Capricórnio. Antes de morrer em decorrência dos ferimentos, Aioros encontra o empresário japonês Mitsumasa Kido. Ele explica a situação para Mitsumasa lhe confiando a bebê Atena e a urna com a Armadura de Sagitário, morrendo pouco depois. Além de suas habilidades de luta, tinha excelente personalidade, caráter, humildade e grande senso de justiça, passos seguidos por seu irmão mais novo, Aiolia de Leão. Ele pode ser considerado um verdadeiro exemplo de Cavaleiro de Atena por continuar a protegê-la, bem como a ajudar seus companheiros, mesmo após a morte. Tem o título de Um Cavaleiro Exemplar e sua casa é conhecida como O Templo do Centauro. 


SHURA DE CAPRICÓRNIO
山羊座のシュラ

O espanhol Shura de Capricórnio é o Cavaleiro de Ouro que protege a Casa de Capricórnio no Santuário. Detém o título de Cavaleiro mais leal à Atena, recebendo da Deusa a espada sagrada Excalibur como recompensa a este status. Possui uma estátua na Casa de Capricórnio que ilustra Atena entregando-lhe a Espada. Com um orgulho grandioso, suas técnicas de luta corporal são as mais avançadas entre os Cavaleiros de Ouro e sua principal técnica, Excalibur, é um golpe capaz de cortar tudo e todos como uma espada, que pode ser utilizada com os seus dois braços e pernas. Shura, mesmo sendo amigo de Aiolos, não deixou seus ideais de fidelidade à Atena de lado e achando que o Cavaleiro de Sagitário era um traidor, passou a enfrentá-lo em um combate. Shura feriu Aiolos gravemente, o que ocasionou sua morte. Na Batalha das Doze Casas, Shura confronta Shiryu de Dragão, de quem corta toda a armadura de bronze e atinge mortalmente o coração do Dragão com a Excalibur. Sem saída, o Dragão acaba aplicando o golpe suicida, O Último Dragão em Shura, golpe que é capaz de destruir qualquer um, segundo Dohko que o ensinou que acaba por matá-lo, mesmo Shiryu tendo anulado o golpe por perceber que Shura descobriu a verdade no cavaleiro de bronze e o salva protegendo-o com sua armadura sagrada o enviando para terra e presenteando-o com o golpe Excalibur. Posteriormente, Shura reaparece na Saga de Hades junto a Saga de Gêmeos e Camus de Aquário, como expectro de Hades, com a aparente missão de matar Atena e levar sua cabeça até o Deus dos Mortos. Mas, ao fim revela-se que sua missão era na verdade alertar Atena sobre os planos de Hades e mostrar-lhe a sua armadura. Shura também ressuscita e se sacrifica para derrubar o Muro das Lamentações. Tem o título de O Homem que Levou Seus Membros ao Limite Para Chamá-los de Espada Sagrada e sua casa é conhecida como O Templo do Bode Montês.


CAMUS DE AQUÁRIO
水瓶座のカミュ

Cavaleiro de índole impecável e exemplar, apesar de sua extrema frieza e aparente indiferença aos sentimentos humanos, o francês Camus foi mestre de Hyoga de Cisne e do General Marina Isaac de Kraken. Ele ensinou aos seus pupilos as lições dos Cavaleiros, para que fossem capazes de proteger a paz na Terra. Apesar de suspeitar do Grande Mestre, Camus se opõe aos Cavaleiros de Bronze por pensar que são traidores. Durante o conflito dos doze templos, Camus enfrentou seu pupilo Hyoga em um terrível duelo. Por pensar que Hyoga não era forte o suficiente para aquela batalha e com medo que outro Cavaleiro de Ouro o matasse em tal batalha, Camus resolve prender Hyoga em um caixão de gelo. Porém, Hyoga é libertado por Shiryu e trava outra batalha contra Camus, que dessa vez, usa todo seu poder para assassinar seu discípulo. Ele revela para Hyoga, que numa batalha entre dois cavaleiros do gelo, vence aquele que estiver com o poder mais próximo do zero absoluto. Camus é derrotado por Hyoga e morre, mas suas memórias e ensinamentos continuam vivos, dentro do Cavaleiro de Cisne. Posteriormente, Camus seria revivido na Saga de Hades. Junto com Saga e Shura, através do poder de Hades e aparentemente jura lealdade a ele, mas mantém lealdade a Atena. Camus e os outros, na verdade enganaram Hades para entregar á Atena sua armadura Durante a guerra com Hades, ele se sacrifica com os outros Cavaleiros de Ouro para romper o Muro das Lamentações. Tem o título de O Mago da Água e do Gelo e sua casa é conhecida como O Templo da Urna Preciosa.


AFRODITE DE PEIXES
魚座のアフロディーテ

Cavaleiro de Peixes do século XX, considerado o Cavaleiro mais belo, cuja beleza rivaliza apenas com sua força. Aphrodite, acabou se desviando do caminho da virtude e jurando lealdade ao Grande Mestre do Santuário, mesmo sabendo de suas más intenções, com a justificativa que a justiça deve estar na mão dos mais fortes. Aphrodite eliminou Daidalos de Cefeu, mestre de Shun de Andrômeda e June de Camaleão, como punição por desobedecer o Santuário. Durante o conflito dos doze templos, Aphrodite é morto por Shun após uma longa batalha, como vingança pelo assassinato de seu mentor. Durante a saga de Poseidon, é revelado que Aphrodite reencontrou sua lealdade a Atena após sua morte. Na saga de Hades, Aphrodite é trazido de volta à vida como lacaio de Hades, mas mantém secretamente sua lealdade a Atena. Após um conflito com Rhadamanthys de Wyvern, ele se sacrifica com os outros Cavaleiros de Ouro para romper o Muro das Lamentações. Tem o título de O Guerreiro Cuja Beleza Transcende o Céu e a Terra e sua casa é conhecida como O Templo dos Peixes Gêmeos.


GRANDE MESTRE SHION
教皇シオン

Antigo Cavaleiro de Áries e Mestre do Santuário, o tibetano Shion nascido em 30 de Março de 1725 é um sobrevivente da guerra contra Hades no século XVIII. Após a derrota de Hades, foi eleito o Grande Mestre do Santuário, sua fama percorreu o mundo e era muito respeitado por todos dentro e fora do Santuário pela sua sabedoria por seu grande poder sua experiência e atos de justiça, seu mandato durou até o final do século XX, quando foi assassinado por Saga de Gêmeos quando velho e fraco em uma cilada dentro do Star Hill, que roubou seu posto. Shion sobreviveu todo esse tempo graças a habilidade natural do seu povo, fazendo com que envelheça lentamente e assim viva muitos anos, também é junto à Dohko um dos dois cavaleiro mais poderosos a serviço de Atena. Ele foi mentor de Mu de Áries e lhe ensinou a mitologia dos Cavaleiros e as artes de restauração de Armaduras. Shion foi trazido de volta à vida 13 anos após sua morte por Hades, que lhe ofereceu vida eterna em troca de sua lealdade. Leal a Atena mesmo depois da morte, Shion aceitou a proposta mas continuou fiel à deusa em segredo e sua estatégia foi seguida pelos outros Cavaleiros revividos. A verdadeira missão de Shion era encontrar Atena e lhe dar sua Armadura, mas não consegue fazê-lo pois sua nova vida era apenas temporária. Ao invés disso, Shion orienta os Cavaleiros de Bronze a respeito da Armadura de Atena e revela o segredo do último estágio de evolução das Armaduras após serem banhadas em sangue divino. Ainda no século XX, Shion emite sua última ordem como Grande Mestre aos Cavaleiros de Bronze: invadir o submundo e eliminar Hades, antes de exalar seu último suspiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-nos

     Facebook  Twitter   Instagram  Pinterest  Youtube
    Contato@SaintSeiyaAlfa.com

Seguidores

Parceiros

 Raciocinando Filmes Area Gamer Sucode Manga Manitroll Canal Yeeah

Links oficiais

 Saint Seiya   Kurumada Pro
  Saint Seiya Anime
 Saintia Shô   Saint Seiya 30th
 Soul of Gold  Tamashii