02/01/2017

Os Cavaleiros do Zodíaco ☆ Capas dos Mangás

O mangá original foi criado, escrito e ilustrado por Masami Kurumada nas páginas da revista Weekly Shōnen Jump entre 1986 e 1990. Posteriormente o mangá ganhou uma compilação no formato tankobon que foi dividido em 28 volumes, com cerca de 200 páginas cada. No decorrer dos anos a editora lançou no mercado esta obra do mestre Kurumada em outros formatos, como por exemplo o Kanzenban e o Aizoban. O mangá hoje é um sucesso mundial e possui quatro sagas: Santuário; Blue Warriors; Poseidon; e Hades.
Abaixo você confere informações e a capa dos mangás que foram lançados em diversos países: 

Formato: Tankobon | País: Japão | Editora: Shueisha | Licenciador: Shueisha
Tankobon é um termo Japonês para denominar uma obra que contém uma história completa. Porém, no caso dos Mangás, ela é utilizada para representar a compilação de vários capítulos de uma história. O mangá de sucesso mundial e de autoria de Masami Kurumada, Os Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya) teve sua compilação no formato tankobon, com um total de 28 volumes, tendo seu primeiro lançamento em 10 de Setembro de 1986 através da Weekly Shonen Jump. 

Formato: Bunkoban | País: Japão | Editora: Shueisha | Licenciador: Shueisha
Bunkoban, é uma compilação com mais de 200 páginas, normalmente se tratando de um relançamento, costuma ter o tamanho de um livro de bolso ou menor (tipo A6). Geralmente o número de volumes da série diminui quando convertida para o formado bunkoban. Bunko significa coleção, ou seja é uma versão para colecionador. O bunkoban japonês de Saint Seiya (Os Cavaleiros do Zodíaco) foi lançado em Janeiro de 2001, sendo relançado no mês de Dezembro de 2012.

Formato: Aizoban | País: Japão | Editora: Shueisha | Licenciador: Shueisha
Aizoban, é uma edição de colecionador, geralmente com maior qualidade e muitas páginas, costuma ser bem mais caro e com edições limitadas. O Aizoban de Saint Seiya foi lançada em Novembro de 1995, com um total de 15 volumes, cada volume com capa dura, algumas páginas coloridas e excelente qualidade.

Formato: Kanzenban | País: Japão | Editora: Shueisha | Licenciador: Shueisha
O kanzenban, é um formato normalmente com mais páginas que o tankobon, maior qualidade e páginas coloridas, é o formato mais completo. A palavra Kanzen significa "Completo" ou "Definitivo". A edição definitiva de Saint Seiya foi lançada em Dezembro de 2005 no Japão, com um total de 22 volumes, com páginas coloridas e uma excelente qualidade.

Formato: Meio Tankobon | País: Brasil | Editora: Conrad | Licenciador: Shueisha
O mangá da saga Clássica de Os Cavaleiros do Zodíaco chegou ao Brasil através da Editora Conrad. Lançado em 2004 com um total de 48 volume, o mangá chegou em formato "Meio Tankōbon" em todo o país. O Meio Tankobon surgiu como uma forma de lançar os títulos com metade dos capítulos que pertencem a obra em formato Tankōbon. A origem deste formato no Brasil foi com a Editora JBC em seus primeiros títulos que foram: Sakura Card Captors, Inu Yasha e Video Girl.

Formato: Meio Tankobon | País: Brasil | Editora: Conrad | Licenciador: Shueisha
O mangá da saga Clássica de Os Cavaleiros do Zodíaco chegou ao Brasil através da Editora Conrad. Lançado em 2004 com um total de 48 volume, o mangá chegou em formato "Meio Tankōbon" em todo o país. O Meio Tankobon surgiu como uma forma de lançar os títulos com metade dos capítulos que pertencem a obra em formato Tankōbon. A origem deste formato no Brasil foi com a Editora JBC em seus primeiros títulos que foram: Sakura Card Captors, Inu Yasha e Video Girl.

Formato: Tankobon | País: Estados Unidos | Editora: Viz | Licenciador: Shueisha
Assim como no Brasil, a grandiosa obra de Masami Kurumada chegou aos Estados Unidos. Licenciada pela editora Viz a obra foi lançada em 2004, também no seu formato tankobon, com um total de 28 volumes.

Formato: Fascículos | País: Espanha | Editora: Planeta de Agostini| Licenciador: Shueisha
Na Espanha, o mangá de Os Cavaleiros do Zodíaco chegou licenciado pela editora Planeta de Agostini. Com um total de 83 exemplares, foram lançados em formato de fascículos. Fascículo é publicação editada em cadernos, em ordem numérica, normalmente encontrada em bancas de jornais, com lançamento geralmente semanal ou quinzenal.

Formato: Tankobon | País: Espanha | Editora: Glénat | Licenciador: Shueisha
Em 2004 o manga foi relançado na Espanha pela editora Glénat, também em seu formato original, tankobon, com um total de 28 volumes.

Formato: Meio Tankobon | País: Itália | Editora: Granata Press | Licenciador: Shueisha
Entre os anos 1992 e 1994 o mangá de Saint Seiya chegou à Itália, sob licenciamento da editora Granata Press, o mangá chegou em seu formato meio tankobon, semelhante a editora Conrad, com um total de 42 volumes.

 Formato: Tankobon | País: Itália | Editora: Star Comics | Licenciador: Shueisha 
Entre os anos 2000 e 2002 o mangá de Saint Seiya chegou à Itália, sob licenciamento da editora Star Comics, o mangá chegou em seu formato tankobon, com um total de 28 volumes.

Formato: Kanzenban | País: Itália | Editora: Star Comics | Licenciador: Shueisha
Anos depois, entre 2008 e 2009, após o grande sucesso de Os Cavaleiros do Zodíaco, a editora italiana Star Comics lançou a edição definitiva de Saint Seiya. Uma edição de luxo, com um total de 22 volumes. A capa dos volumes é bem semelhante a edição japonesa, sofrendo alterações apenas no logo. Infelizmente as capas dos volumes estão indisponíveis.

Formato: Tankobon | País: Argentina | Editora: Ivrea | Licenciador: Shueisha
A obra de sucesso mundial também chegou à Argentina, sob licenciamento da editora Ivrea. Os mangás em formato tankobon chegou no país em 2004, com um total de 28 volumes.

Formato: Kanzenban | País: Itália | Editora: Star Comics | Licenciador: Shueisha
Anos depois, entre 2008 e 2009, após o grande sucesso de Os Cavaleiros do Zodíaco, a editora italiana Star Comics lançou a edição definitiva de Saint Seiya. Uma edição de luxo, com um total de 22 volumes. A capa dos volumes é bem semelhante a edição japonesa, sofrendo alterações apenas no logo. Infelizmente as capas dos volumes estão indisponíveis.

Formato: Tankobon | País: Argentina | Editora: Ivrea | Licenciador: Shueisha
A obra de sucesso mundial também chegou à Argentina, sob licenciamento da editora Ivrea. Os mangás em formato tankobon chegou no país em 2004, com um total de 28 volumes.

Formato: Kanzenban | País: França | Editora: Kana | Licenciador: Shueisha
Com o grande sucesso dos mangás de Os Cavaleiros do Zodíaco em 2004 lançados pela Kana, a editora também lançou entre 2011 e 2015 o mangá definitivo de Saint Seiya. Uma edição de luxo, com um total de 22 volumes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário