15/11/2016

The Lost Canvas – A Saga de Hades, volume 10 - Resumo

VOLUME 10 - CAPÍTULOS 79 AO 87
SAINT SEIYA THE LOST CANVAS – A SAGA DE HADES

“A armadura dele se transformou...!!! Quer dizer que a força de vontade do Pégaso tomou uma forma concreta no mundo dos sonhos?!” (Morfeus – página 07, capítulo 79, volume 10).

Que menino inteligente! E, morreu.

Agora, resta apenas um único portal neste breve mundo dos sonhos e das ilusões. O portal para os sonhos de Sísifo.

Tenma e El Cid finalmente se encontram. E Oneiros, o deus dos sonhos, encontra eles.

Pois é, agora eles dizem que os quatro deuses juntaram-se novamente. Em um único corpo. Agora são dois contra quatro em um.

Enquanto isso, Sasha, então Athena, consegue visualizar toda a situação. Ela encontra-se acompanhada de Hakurei, na Casa de Sagitário. Preocupada com Sísifo, cuja alma ainda estava aprisionada, mesmo após a morte de Morfeus e mesmo após Morphea ser dissolvida. O pior é que com a união de Oneiros e os outros três deuses, somente Athena poderia executar o resgate de Sísifo.

Arrepiante ver o Báculo de Athena resplandecer no mundo dos sonhos. “...Athena entrou pessoalmente no sonho de Sísifo...” (El Cid – página 57, capítulo 81, volume 10). Sim, somente ela poderia fazer algo. “Então, só nos resta fazer uma única coisa, Pégaos! Protegeremos esse portal, com nossas vidas!!!” (El Cid – páginas 57 e 58, capítulo 81, volume 10).

El Cid e Tenma se unem contra Oneiros, que está “armado” com os outros três deuses. Isso tudo na frente do portal dos sonhos de Sísifo, onde sua alma está aprisionada e Sasha, então Athena, partiu em busca da alma do Sagitário.

De repente, a estrutura ilusória composta pela distorção do espaço projetado para o mundo dos sonhos foi então desfeita e Tenma e El Cid retornam à cidade natal do Pégaso, que estava toda destruída.

Alone, pintando o Lost Canvas, Sasha, no mundo dos sonhos, e Tenma ali no mundo da realidade, lutando com toda sua emoção contra aquele ser “esquisito” que não é um e não é quatro, mas são quatro em um.

Tenma, você precisa lutar, mas “Controle seus sentimentos. Você quer morrer?” (El Cid – página 82, capítulo 82, volume 10). “Você está me dizendo para não sentir nada...?” (Tenma – página 82, capítulo 82, volume 10). Não, Tenma, ele está dizendo para você ser frio, como uma lâmina. Aprenda, Pégaso: “Mantenha seu espírito sempre afiado como uma lâmina e nunca se desvie de sua trilha. Esse é o caminho da justiça...” (El Cid – página 83, capítulo 82, volume 09). Teorias da frieza, capítulo dois. O campo de batalha é a junção da teoria e prática. “Uma lâmina frágil e um caminho estreito não levam a nada.” (El Cid – página 84, capítulo 82, volume 09). Aprenda, Tenma, sobre a frieza, sobre ser uma lâmina afiada. Você precisa saber disso, pois o caminho a ser percorrido precisa ter um corte perfeito.

Siga em frente, Tenma. Mas isso é muito difícil. É necessário atingir um nível de perfeição e habilidade na arte de ser frio, centrado e perseverante. O alvo é a perfeição. A arma é a frieza; ser firme como o aço. Puramente crível que temos muito o que aprender com El Cid de Capricórnio.

Tenma, Pégaso, você foi escolhido para ser eletrocutado de emoções e sentimentos. Quais? Somente aqueles que atingem a alma. Infelizmente no palco dos acontecimentos, você foi manipulado. Mas felizmente, Athena também manipulou. Alone, Tenma e Sasha, vocês não farão mais parte de uma imagem perdida, mas voltarão a ser uma imagem restaurada e guardada. O preço é alto, mas a pulseira de flores não tem começo nem fim, como aliança.

Ali, El Cid e Tenma, trabalham em conjunto. El Cid consegue recortar os deuses que estavam no corpo de Oneiros, separando as quatro almas que alojavam o mesmo corpo.

Enquanto isso, Sasha, então Athena, entrava nos sonhos de Sísifo. Ele mesmo fazia questão de manter presa sua alma, se punindo pelo dia em que buscou Sasha do orfanato. Ele “arrancou” Sasha de sua “família”. De seus irmãos. Depois foi Tenma que saiu de lá. Por último ficou o Alone; sozinho. “Alone”. Sísifo se penitenciava.

Sísifo ficou se martirizando, como o causador da Guerra Santa. E aquela flecha atirada por Alone, em reação à ação, reafirmava a sua culpa. As trevas realmente são perigosas. E elas habitam se houver permissão.

A Guerra Santa era iminente. Não dependia do Cavaleiro de Sagitário desencadear seu início. As causas só são mostradas no fim, quando os autores que montaram o palco do tempo serão revelados.

“Eu quero que você lute ao meu lado, Cavaleiro de Sagitário” (Sasha – Athena, página 147, capítulo 85, volume 10). Sasha, então Athena, replica a Sísifo.

Finalmente! Sísifo é convencido a ser liberto. Sim! Quem precisa de ajuda deve estar convicto disso e também querer ser ajudado. Pensa que é fácil ajudar? Tem toda uma ciência!

El Cid e Tenma, contra os quatro deuses em um. El Cid, Tenma e agora Yato e Yuzuriha. Eles são tão importantes também, vocês não fazem ideia.

Os quatro componentes do exército de Athena contra os quatro deuses, cortados em quatro parte.

Sísifo e Sasha, então Athena, voltam ao Santuário.

El Cid, recebe aí um reforço pra acabar com Oneiros e os outros!

Sísifo aponta uma de suas flechas douradas em direção a Oneiros, com um “toque” do cosmo de Athena. El Cid vira-se de costas para o inimigo para receber e cortar a flecha em quatro, num único instante, para acertar as quatro almas dos quatros deuses de uma vez só!

Revoltado, Oneiros ameaça levar pelo menos a alma do Pégaso por conta da vergonha da derrota. Na frente do El Cid? Impossível.

“Tenma de Pégaso!!! Esse é o caminho que você precisará trilhar!!!” (El Cid, página 189, capítulo 87, volume 10). El Cid, você é o guerreiro. Simples assim.

Finalmante, os quatro deuses subordinados de Hypnos foram derrotados. Hypnos, você é o próximo. Prepare-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário