26/07/2016

The Lost Canvas – A Saga de Hades, volume 03 - Resumo

 Se preparar psicologicamente.
Não há como falar de Lost Canvas sem falar em overdoses de emoção no psicológico.

VOLUME 03 – CAPÍTULOS 16 AO 24
Aquela colina; sim. O Yomotsu Hirasaka: a colina que separa o mundo dos vivos do mundo dos mortos! Eu sei que lembra o Cavaleiro de Câncer, mas a perspicácia do Mestre Hakurei de Jamiel ia além da busca e salvamento de Tenma, que findou preso por um Espectro na entrada do mundo dos mortos. Ele enviou Yuzuriha e Yato para, também salvar Tenma.

Na verdade, todos querem salvar a Terra. Vencer a Guerra Santa.
Mas algo muito importante faltava. Falemos adiante sobre isto. Agora, não podemos deixar o mito dourado de Peixes sem todas as honras merecidas! Ninguém menos que Albafica de Peixes!

Engraçado que Espectro é uma criatura abusada.
Minos e uma tropa de súditos de outros Espectros são calorosamente recebidos por Albafica, ao chegarem próximo do Santuário. Todos subestimam as belas rosas, o belo Cavaleiro de Ouro. O bom é que tem muito Espectro morto por conta de subestimar demais!

“Mas, esse homem...Como ele é...como ele é imponente...” (Minos – página 49/50, capítulo 17/18, volume 3)

Claro que ele é imponente! Albafica!

Ao avistarem o belíssimo Cavaleiro de Peixes e o jardim de rosas vermelhas já estavam convictos de que a vitória era certa. Mas o certo mesmo é que eles eram os futuros derrotados. Deviam era agradecer por serem vencidos pelo Cavaleiro mais belo de Athena! Uma rosa venenosa para o recalque passar longe, Espectros!

E um após um tentava fazer o que queria, mas um após o outro ia morrendo por conta das barreiras de rosas que o pisciano envolveu aos arredores do Santuário, bem como o vilarejo que ele tanto queria proteger também. Com razão.

Alone entorpecido pela sua tristeza, cujo corpo era receptáculo do deus do submundo, tendo sua alma inundada pelo poder de Hades.

Sasha, usava todo seu cosmo pondo uma barreira em volta do Santuário também, para proteger a todos.

Tenma, estava preso na entrada do mundo dos mortos, porém vivo por conta da pulseira de flores feita por Sasha quando eles eram crianças lá no orfanato. Yuzuriha e Yato, estavam lá para salvá-lo. Mas como o Pégaso é o cara, ele acabou salvando os 3! (risos) É só fazer uma pressão psicológica nele que aparece poder pra lutar!

Bem, a Guerra Santa não pára. Parece até o tempo que ninguém consegue controlar. Dos 3 Juízes do Inferno, apenas Minos dá o ar da sua graça. Aiacos e Radamanthys estão economizando aparições. Até agora nada.

Até que restou apenas Minos para lutar contra Albafica pois os outros Espectros que acompanhavam o Griffon findaram morrendo.

No campo de batalha, forte é aquele guerreiro determinado, destemido e que não pensa em si próprio. Mas luta enquanto a chama da sua vida estiver acesa.

Quem tem valores não tem preço.

Minos quebra os ossos de Albafica sem dó. O terror toma conta do vilarejo próximo ao Santuário. Dohko de Libra e Shion de Áries notam, de longe, a peia entre o Peixes e o Griffon.

Todos se preparam para dor, em primeiro lugar. A preocupação ressoa em sincronia entre os companheiros de armadura dourada.

Mesmo caído ao chão, Albafica não estava morto. A soberba que entorpece a mente desses execráveis Juízes do Inferno fez ele seguir em frente achando que estava terminada a luta dele contra o Cavaleiro de Ouro de Peixes.

Quando Minos chegara ao vilarejo e mostrava o terror próprio da sua natureza, o grande Shion de Áries aparece como um lampejo dourado diante do Griffon! Mas, lampejo mesmo foi a morte deste Juiz do Submundo.

“Desculpe, Shion. Não era minha intenção lhe dar trabalho.” (Albafica)

“Impossível! Tenho certeza de que meu marionete cósmica tinha estraçalhado todos os ossos de seu corpo...” (Minos)

Acho que um dos pré-requisitos para ser um Espectro de Hades é ser soberbo!

Quando um Cavaleiro grita o nome do golpe e o simula ele acaba por avisar o inimigo, certo? Certo!

Quem manda no campo de batalha é aquele que tem maior poder estrategista. Além de ser “Albafica”, é bonito e inteligente. Só lamento para os recalcados.

“Espinhos vermelhos demoníacos!!!” (Albafica)

Minos se protege dos espinhos vermelhos demoníacos lançados por Albafica, os quais são agulhas lançadas em direção ao inimigo, a partir da transformação da névoa do próprio sangue venenoso do pisciano.

Mas aquela quantidade lançada por Albafica contra Minos não era normal. Cansado e quase esgotado, Albafica fica prostrado. E então Minos de Griffon, a Estrela Celeste da Nobreza, que devia se chamar Estrela Celeste da Soberba, destila sua arrogância: “Você já não tem mais forças para continuar, Peixes. Meu próximo adversário será você, Áries?”

Não sei como ele não se engasga com tanta prepotência!

“Não, Minos. (...) Não vejo motivos para enfrentar alguém que já está prestes a morrer.” (Shion) (página 158, capítulo 23, volume 3)

Ah se desse pra tocar aquela música “Turn Down For What”! Seria no último volume!

E...morreu...era uma vez, Minos a Estrela Celeste da Nobreza. Tchau, Minos.

Albafica morreu fisicamente, apenas. O limite do seu corpo físico tinha chegado. Mas todos os seus sentimentos continuaram ao lado, junto dos seus companheiros, lutando por todos. E não vai sumir; estará presente ainda em outros momentos no decorrer da história, como o golpe que Regulus aplica contra Radamanthys invocando o poder dos 12 Dourados do Zodíaco e por Shion ao lutar contra Hades quando também invoca as 12 Armaduras de Ouro, e então os 12 Cavaleiros de Ouro aparecem por um breve momento só pra bombear mais rapidamente os nossos corações!

Lembram do trio “ternura”: Tenma, Yato e Yuzuriha? Estão tocando o terror na entrada do mundo dos mortos! (risos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário